BATALHÃO BRAVO GERAIS AIRSOFT TEAM - BRASIL
Seja bem vindo ao Batalhão BRAVO GERAIS Airsoft Team!

Leia as regras do Fórum atentamente.

Lembre-se, membros do fórum que não se apresentam não tem acesso completo, além de terem a conta bloqueada em 15 dias!

Todos sem excessão devem colocar uma foto no perfil que dê pra reconhecer seu rosto!

Se você já é Membro do BRAVO adicione na sua assinatura nosso Brasão.

Seja bem vindo e aproveite nosso Fórum!



Links


Últimos assuntos
» Rede Globo falando bem do Airsoft
Sex Out 19, 2012 9:26 am por VIANNA

» RÉGRAS DO FÓRUM
Seg Out 08, 2012 5:14 pm por Hugo

» ARMAS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
Ter Set 25, 2012 4:46 pm por Zambaldi

» Não vamos deixar isso acontecer.
Seg Ago 27, 2012 12:33 pm por Silveira

» Escolha a BB correta
Qui Ago 09, 2012 8:14 am por Jaime

» LEGISLAÇÃO PARA PRATICA, TRANSPORTE, COMPRA E VENDA DE AIRSOFT
Qua Ago 01, 2012 3:22 pm por Silveira

» Aprofundando sobre o que é o Airsoft
Sex Jul 13, 2012 8:03 pm por Jaime

» Regras de Jogo de Airsoft - Novatos LEIAM
Sab Jun 23, 2012 4:01 pm por S2 Morais

» Dicionário do Airsoft
Qui Jun 07, 2012 7:59 pm por Hugo

» ESTRATÉGIA X TATICA, O QUE É?
Qui Maio 31, 2012 9:30 pm por Rec Vermelho

» IMPORTANTE - NOÇOES BÁSICAS DE PRIMEIROS SOCORROS
Qua Maio 30, 2012 8:59 am por Biasoli

» Atiradores,Marksman e snipers entenda quem são e suas funções reais
Ter Maio 29, 2012 8:37 pm por Rec Giovani

» 2012 05 06 - JOGO HOTEL COM BRAVO, BWT E CONVIDADOS
Qua Maio 09, 2012 10:16 am por Anacleto

» Apresentação BATALHÃO BRAVO GERAIS Airsoft Team
Ter Maio 08, 2012 2:22 pm por Hugo

» DOCUMENTAÇÃO PARA TRÁFEGO E TERMO DE COMPRA E VENDA
Sex Maio 04, 2012 12:03 pm por Hugo

Novembro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Calendário Calendário

Estatísticas
Temos 464 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de pedro7

Os nossos membros postaram um total de 11133 mensagens em 1117 assuntos
Teste sua velocidade

ARMAS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

Ir em baixo

ARMAS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

Mensagem por Hugo em Sex Set 07, 2012 2:15 am

O airsoft, como prática desportiva, tem como objetivo a simulação militar, independente de escala ou escopo.

Sejam ações em curta distância (CQB), sejam em campo aberto, floresta, montanhas, tende-se sempre a tentar reproduzir táticas utilizadas por forças armadas e/ou policiais a fim de garantir uma progressão e cumprimento de objetivos da forma mais eficiente possível.

Por conta destas particularidades, raros são os praticantes que não tenham apreço por militaria e qualquer coisa correlata.

Todos nós crescemos lendo e vendo filmes baseados neste escopo, passados em várias eras e situações diferentes, mas, tendo sempre em foco o conflito armado entre grupos militares e/ou para-militares.

Dentre os vários cenários, um que serve de base para operações e jogos é a Segunda Guerra Mundial.

Sempre presente no imaginário dos aficcionados por militaria, por sua abrangência, extensão e variedade de teatros operacionais, serve de base para várias obras literárias, tv e de cinema, e óbviamente, àqueles que praticam o airsoft.

Tanto é que várias empresas disponibilizam armas de airsoft que reproduzem, em muitos casos, de forma fiel, com direito às marcações típicas das armas da época, de forma a possibilitar a reencenação de combates famosos, ou mesmo a realização de jogos ambientados neste período mas sem relação a alguma operação ou batalha registrada.

Infelizmente, nem todas as réplicas feitas para airsoft são passíveis de uso no Brasil, devido às restrições para aquisição de modelos a gás e/ou no calibre 8mm.
Independente disto, mostramos a seguir alguns dos vários modelos baseados nesta época e disponíveis no mercado internacional.

Armas dos Aliados

Thompson M1A1 / M1928

A clássica thompson é facilmente reconhecida pelo carregador reto e telha de madeira do comprimento do cano.

É produzida por várias fabricantes, tais como a CYMA (barata e meia boca), Tokyo Marui (problema de fragilidade no suporte do cano, que afrouxa com o tempo e quebra facilmente) e King Arms.

Exite um kit de conversão para a versão M1928, com quebra chamas e cano ventilado, que, dentre outros pontos, também sana o problema do suporte de cano frágil das TM.



M1 Carbine

Feito apenas pela Marushin, trata-se de um Gas Blow Back Rifle, propelido por propano, calibre 8mm e ação simples, ou seja, é necessário engatilhar a arma antes de cada tiro, porém, graças ao seu mecânismo extremamente leve, mantém uma cadência de fogo razoável. Sua única incongruência é o ponto para fixação de baionetas, que nunca existiu no modelo real.

Abaixo, vemos o modelo da Marushin (esquerda) lado a lado com uma real



Como toda GBB, o armazenamento do gás ocorre no carregador, sendo recomendado seu armazenamento com um pouco de gás, a fim de manter um mínimmo de pressão interna a fim de manter o o’ring pressionado, evitando assim sua deformação e consequente perda de eficiência em vedar o reservatório de gás.

M1 Garand

Um dos fuzis mais famosos do mundo, principalmente pelo exagero cinemático do barulho da ejeção do e-clip quando finda a munição, é o primeiro fuzil em que a maioria pensa quando fala-se de fuzis utilizados pelos aliados, apesar de sua dotação ter sido feita exclusivamente por GIs e Marines americanos.
Até pouco tempo, a única forma de ter uma AEG M1 Garand era converter um M14, processo oneroso e trabalhoso, visto que era necessária a obtenção de um M!4 e peças para conversão. Eventualmente, a 2nd Bat passou a oferecer um M1 Garand já convertido.
A outra opção, inviável para uso no Brasil, seria a versão GBB, semi-automática, no calibre 8mm da Marushin.



Essa é uma réplica perfeita da arma, com direito ao e-clip, que como o real, é capaz de 8 disparos, sendo ejetado após o último tiro.

Recentemente, a ICS anunciou o lancamento de duas AEGs réplicas do Garand, uma na linha sportsline, com coronha em plástico, e outra em madeira, ambas full metal e, infelizmente para nós brasileiros, também em 8mm.



Poucos meses depois, a G&G também anunciou o lançamento de uma AEG, toda em madeira e metal, esta porém, utilizando a mesma gearbox utilizadas em suas aclamadas M14 (v4?), de forma que, aparentemente, finamente teremos um modelo no calibre 6mm, passível de utilização no Brasil (rezando. Muito.)



Ambas, porém, possuem o mesmo “problema”. Uma vez que são armas construídas ao redor de uma gearbox, sua alimentação se dá por meio de carregadores convencionais, mais curtos para permanecerem ocultos dentro do corpo, porém, com inserção por baixo, ao invés dos famosos e-clips utilizados pela arma real e pela GBB da Marushin.

M1918A2 – Browning Automatic Rifle

O famoso BAR é uma das mais raras armas de airsoft produzidas, sendo de dificílima obtenção, principalmente pelo custo.
Produzido pela VFC, utilizando uma gearbox V6 proprietária, “gambiarrada” para usar air nozzle e Hop up (modificado) de AKs, a arma custa, em média U$ 1200,00, não sendo encontrada em qualquer loja.
Houve uma réplica feita pela Matrix, um nome comercial sob o qual diversas marcas, algumas meia-boca, são comercializadas nos EUA, porém, não mais encontram-se no mercado.





1897 Trench Gun

Produzida pela Tanaka, esta réplica da calibre 12 utilizada principalmente no Teatro de Operações do Pacífico possui mecanismo de ejeção de cartuchos, sendo feita em madeira e metal e utiliza propano para propelir 3 BBs simultaneamente.
Seu design e mecânica são de excelente qualidade, reproduzindo fielmente a arma real. O gás é armazenado nos cartuchos, de forma que estes acabam tendo um alto custo, o que torna imprescindível sua recuperação após o disparo. Felizmente, a ejeção é relativamente fraca, não mandando-os para muito longe. Os cartuchos, no entanto, são relativamente frágeis, de forma que não é recomendado o uso desta arma sobre superfícies duras, como concreto ou asfalto.
Seu disparo proporciona uma boa cobertura pelas BBs, tornando-a excelente para combates a curtas distâncias, mas inefetiva para médias e longas distâncias.O suporte da baioneta é 100% funcional, porém, dada a falta de réplicas não letais, não utilizável, a não ser que queira ser expulso de campos e comunidades de airsoft :Þ
Como em toda GBB a propano, é essencial a manutenção de propano dentro dos cartuchos, a fim de evitar deformação e ressecamento dos o’rings.





Colt M1911A1

Inventada pelo célebre designer de armas, John Browning, para suprir a necessidade do exército americano por uma arma curta e semi automática, para substituir os revólveres então utilizados, esta pistola vale-se do principio de Maxim para remuniciamento automático, utilizando parte da energia do propelente para abrir e retrair a culatra a fim de ejetar o cartucho deflagrado e alimentar um novo quando de seu retorno a posição fechada.
Réplica mais comum de pistola, existindo em diversos modelos, AEP e GBB, ação simples e dupla, porém, para propósitos de Segunda Guerra, o correto seria utilização de modelos com ação simples da variante A1.



M3 Grease Gun

Uma das submetralhadoras mais conhecidas no mundo, viu ação desde a segunda guerra até a guerra do vietnam.
Famosa por sua durabilidade e desempenho, decorrentes do design simples, e por sua semelhança à uma pistola de graxa, daí o nome, tem réplicas produzidas por fabricantes tais como a ICS e Ares.



Existe um modelo a gás da Hudson, porém, além dos impecílios burocráticos habituais em nosso país, ainda tem o problema de ser difícil de encontrar para comprar E não poder utilizar nenhum gás além de butano. Mesmo propano ocasiona quebra no mecanismo, que não foi feito para aguentar as pressões maiores geradas por outros gases com maior potencial de expansão.
Armas do Eixo

MP40

Uma das mais famosas armas utilizadas pelas forças nazistas, viu serviço extensivo em todas as armas alemãs.
Sua contraparte de airsoft também é facilmente encontrada, sendo produzida pela AGM com gearbox em metal.



Kar98

Arma de porte da infantaria nazista por grande parte do conflito, este fuzil é considerado um marco na construção de armas de fogo.
Sua precisão atirando fez com que fosse utilizado frequentemente como um fuzil para snipers, e seu ferrolho, famoso pela eficiência e precisão, serve de base para a grande maioria dos fuzis de sniper de ação manual em uso atualmente.
Infelizmente, suas contrapartes de airsoft não são tão eficientes. Tanto a versão da Dboys quanto da Marushin são muito frágeis, quebrando facilmente, tendo ainda a desvantagem de serem shell ejecting, o que as torna impraticáveis de serem usadas em um jogo onde você não esteja entrincheirado e protegido o suficiente para sair catando as cápsulas após os disparos.
A versão mais prática é a da Tanaka, uma GBB a base de butano, com o pequeno problema de ter seu carregador, que, como em muitas GBBs, também é o repositório de gás, inserido pela parte de baixo da arma, algo nada realista e que detrai um pouco da experiência WW2.



Walther P38

Desenvolvida pela famosa Walther com o intuito de substituir a já obsoleta e nada segura Luger como arma de porte da Wermacht, teve sua produção iniciada em meados de 1940, sendo amplamente distribuida por todas as forças nazistas.
Seu design, mantendo a tradição de excelência da Walther, viu uso ativo até a década de 90, com a denominação de P1. Em meados dos 90s foi finalmente aposentada, sendo substituida pela P8 após mais de meio século de serviço ativo.
Suas versões de airsoft são todas a gás, sendo produzidas pela Umarex, Marushin e Maruzen



Luger P08

A mais famosa arma nazista, viu uso extensivo em todas as armas da Wermacht.
Tinha um problema grave de segurança, que, aliado ao cão interno, não raro resultava em disparos acidentais.
Suas versões de airsoft, felizmente, não sofrem deste problema, sendo produzidas pela Tanaka e WE, sendo todas GBBs.



Mauser C96

Outra arma emblemática, famosa por seu cabo, muito semelhante à um cabo de vassoura, daí o apelido, bem como por sua coronha de madeira, que também servia de coldre e seu carregador interno em forma de caixa, fixo a frente do gatilho, muito semelhante aos carregadores removíveis de submetralhadoras.
Em uso desde antes da Primeira Guerra, continuou em serviço por toda a duração da segunda guerra.



MP/StG 43/44

Nomes diferentes, mesma arma. Stürmgewehr 44, Machine Pistole 44, qualquer que seja o nome, este é indubitavelmente o primeiro fuzil de assaulto do mundo.
Sua origem deve-se a amarga experiência do exército nazista nas ruas de Stalingrad, onde o grande alcançe do Kar98 de nada valia nas tortuosas ruas da cidade, que reduziam as distâncias de engajamento, dando franca superioridade à infantaria russa, massivamente equipada com PPSh 41s. A combinação de volume de fogo de uma MP40, com alcançe intermediário entre a MP40 e o Kar98, mais a potência de seu calibre, o mesmo do Kar98, porém, com a cápsula reduzida pela metada, de onde vem seu nome, 7,62 Kurz, resultou em uma arma extremamente versátil, podendo ser utilizada em qualquer papel durante um combate, uma vez que estudos da Wermacht demonstraram que a grande maioria dos engajamentos passava-se a 200m ou menos.
Suas versões de airsoft são produzidas pela AGM e pela Shoei, sendo que a última possui uma versão GBB, renomado pela excelência de sua construção e precisão, bem como por seu coice de mula.



MachinenGewehr 42

Possivelmente a mais famosa metralhadora leve em todo o mundo, a MG42 foi criada para sanar problemas em sua antecessora, a MG34, apesar de ambas continuarem em serviço por todo o conflito.
Sua cadência de fogo extremamente alta, em torno de 1200 tiros por minuto, causava um ruído característico, muito semelhante a tecido sendo rasgado, razão de seus vários apelidos durante o conflito. Estes fatos também tornaram a arma temida, fazendo com que os psicólogos do exército americano fizessem vídeos instrutivos/motivacionais a fim de preparar os GIs para lidar com ela em campo.
Alimentação por cinto de munições por elo e cano que pode ser trocado fácil e rapidamente fizeram dela um grande sucesso, tendo continuado em uso por vários anos após o conflito, servindo também como base para várias metralhadoras leves de sucesso.
Sua versão de airsoft tem uma cadência de fogo mais baixa, sendo produzida pela Shoei, porém, trata-se de um GBBR raríssimo devido ao seu ridiculamente alto custo, em torno de U$ 2000,00.
Há rumores de que a AGM lançará uma AEG, mas, a data de lançamento já foi adiada uma vez, e os rumores de preço colocam-na na faixa do U$900,00-1000,00.



Armas Russas

TT-33 Tokarev

Pistola comum em toda a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas desde a década de 20, as tokarev, durante o conflito, eram portadas apenas por oficiais, sendo que o grosso do contingente russo era equipado com as submetralhadoras PPSh e o fuzil Tokarev.
Sua versão de airsoft é feita pela KWA e também pela Hudson, ambas GBBs, sendo que a versão da Hudson apresenta vários problemas, tais como o’ring defeituoso ocasionando vazamento de carga de gás e carregadores que impedem a correta alimentação de BBs, fato este que acarreta na arma travando.



PPSh-41

A Pistolet-Pulemyot Shpagina foi uma das armas mais produzidas durante todo o conflito, sendo sua produção, apenas no período da Segunda Guerra, estimada em 6 milhões de unidades.
Era, juntamente com o fuzil Moisin Nagant, a arma de porte das forças russas, sendo no entanto distrbuidas desde o pessoal de suporte até as tropas nas linhas de frente, chegando a equipar pelotões e até mesmo divisões inteiras.
Famosa por seu carregador circular de 71 tiros, comumente chamado lata de goiabada no Brasil, ou menos conhecido, um carregador convecional de 35 tiros.
Suas versões de airsoft são produzidas pela Ares e S&T, vindo com o iconico carregador circular



Moisin Nagant

Fuzil de porte das repúblicas soviéticas desde antes da primeira guerra, viu uso extensivo entre as forças russas durante o conflito, em várias versões. Desde carabinas até a versão PU, para snipers, dotada de uma luneta de 3,5x.
Suas contrapartes para airsoft são feitas pela Ares (springer bolt action), KTW e com uma versão prometida pela Matrix, sendo estas últimas GBBs.




FONTE: NACAO AIRSOFT
avatar
Hugo
Assíduo
Assíduo

Mensagens : 2655
Data de inscrição : 10/11/2011
Idade : 47
Localização : Contagem - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ARMAS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

Mensagem por Sub Teves em Sex Set 07, 2012 10:16 am

Muito bom Major.

excelente material, conhecimento e história nunca são demais!

Reputado
avatar
Sub Teves
Empenhado
Empenhado

Mensagens : 219
Data de inscrição : 04/04/2012
Idade : 32
Localização : Divinópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ARMAS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

Mensagem por Caio em Sex Set 07, 2012 9:19 pm

Major, muito bom levantamento histórico.
avatar
Caio
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 8
Data de inscrição : 22/06/2012
Idade : 24
Localização : Araçatuba/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ARMAS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

Mensagem por 2Sgt Berto em Ter Set 25, 2012 5:33 am

Esse fuzil BAR é indecente de doido. Ele é muito louco.
avatar
2Sgt Berto
Empolgado
Empolgado

Mensagens : 52
Data de inscrição : 17/05/2012
Idade : 27
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ARMAS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

Mensagem por Cb Dourado em Ter Set 25, 2012 11:09 am

Muito interessante.

Excelente material.
avatar
Cb Dourado
Empenhado
Empenhado

Mensagens : 188
Data de inscrição : 10/04/2012
Idade : 47
Localização : Belo Horizonte - Minas Gerais

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ARMAS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

Mensagem por Santos em Ter Set 25, 2012 11:26 am

Show muito bacana mesmo!
avatar
Santos
Empenhado
Empenhado

Mensagens : 119
Data de inscrição : 04/05/2012
Idade : 43
Localização : Betim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ARMAS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

Mensagem por Zambaldi em Ter Set 25, 2012 4:46 pm

Dá vontade de ter todas!!!!

Muito boa a matéria, apesar de causar água na boca.
avatar
Zambaldi
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 13
Data de inscrição : 03/09/2012
Idade : 46
Localização : Betim / MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ARMAS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum